Entenda como a impressão a laser faz o papel ficar curvado

Quem trabalha com impressão a laser já deve ter observado que ao passar na impressora a folha fica curvada. Além disso, mesmo que o papel fique curvado após a impressão numa impressora a laser, essa curvatura poderia ser eliminada caso imprimisse nos dois lados, porque, dessa forma, um dos lados compensaria o outro e a folha ficaria plana.

Para entender porque isso acontece é preciso conhecer o mecanismo das copiadoras e impressoras. Estes equipamentos a laser produzem imagens transferindo o toner (que é constituído de partículas de resina) para o papel usando eletricidade estática. O conjunto possui um fusor que esquenta o toner e o derrete para fazer com que a tinta fique aderida ao papel. Este fusor aquece o papel a uma temperatura de no mínimo 100° C por pelo menos 0,05 segundos. A curvatura acontece a depender das condições de aquecimento no momento da impressão, de como o papel foi armazenado anteriormente e das condições do ambiente.

Na parte superior se encontra o fusor, que opera em alta temperatura, e na parte inferior existe o rolo de pressão, que funciona em baixa temperatura. A temperatura alta faz evaporar a umidade que se encontra no papel, fazendo com que ele encolha.

É importante saber também que quanto mais umidade tiver o papel, maior o encolhimento (e, assim, maior a curvatura). Portanto, para evitar essa curvatura, procure manter o nível de umidade dos seus papéis controlado armazenando-os de maneira correta, ou até mesmo utilizando desumidificadores ou estufas.

Qualquer dúvida Fala com a Executiva!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *